https://vimeo.com/313008575

O processo de escolha dos candidatos principais (“Spitzenkandidaten”), utilizado pela primeira vez nas eleições europeias de 2014, dá uma palavra aos cidadãos europeus sobre os candidatos ao cargo de presidente da Comissão Europeia.

 
leadcandidates_PT.jpg   
Candidatos principais e eleição do presidente da Comissão Europeia  

Com base nos resultados das eleições europeias, um dos candidatos principais deverá ser eleito pelo Parlamento Europeu para presidir à Comissão, após ter sido formalmente proposto pelos chefes de Estado ou de Governo da UE.

Foi o que se passou, pela primeira vez, em 2014, quando o candidato principal do Partido Popular Europeu, Jean-Claude Juncker, foi escolhido para presidente da Comissão. Antes das eleições de 2014, cinco partidos políticos europeus designaram os seus “candidatos principais”.

Candidatos principais nas eleições europeias de 2019

Os partidos políticos europeus estão a escolher os seus candidatos principais nos congressos que decorrem durante o outono e inverno de 2018. Os candidatos irão apresentar e debater os seus programas políticos para o futuro da Europa em debates ao vivo a realizar durante a campanha eleitoral em 2019.

Um partido político europeu é um partido que funciona a nível europeu e que integra partidos nacionais, sendo composto por deputados eleitos em pelo menos um quarto dos Estados-Membros. Em abril de 2018 foram aprovadas novas regras sobre o financiamento das fundações e dos partidos políticos europeus.


Partido Popular Europeu (PPE)

O Partido Popular Europeu (PPE) elegeu Manfred Weber (CDU, Alemanha) como o seu candidato principal às eleições europeias num congresso realizado em Helsínquia, em 8 de novembro de 2018. Weber, 46 anos, iniciou a sua carreira política num parlamento regional (Bayerischer Landtag) e foi eleito para o Parlamento Europeu em 2004. É líder do grupo PPE desde 2014. Licenciou-se em Engenharia Física na Universidade de Ciências Aplicadas de Munique. @ManfredWeber


Partido Socialista Europeu (PSE)

O candidato principal do Partido Socialista Europeu, Frans Timmermans, 57 anos, foi nomeado num congresso que decorreu em Lisboa, nos dias 7 e 8 de dezembro de 2018. Timmermans (PvdA, Países Baixos) é atualmente o primeiro vice-presidente da Comissão Europeia. Foi eleito pela primeira vez para a segunda câmara do parlamento holandês em 1998. De 2007 a 2010 foi secretário de Estado dos Assuntos Europeus e de 2012 a 2014 ministro dos Negócios Estrangeiros no governo de Mark Rutte. Timmermans é licenciado em Língua e Literatura Francesa pela Universidade Radboud. @timmermansEU


Aliança dos Conservadores e Reformistas da Europa (ACRE)

Jan Zahradil (Partido Democrático Cívico, República Checa) foi designado candidato principal pelo seu partido em 14 de novembro de 2018. Zahradil, 55 anos, é membro do Grupo dos Conservadores e Reformistas Europeus (ECR) no Parlamento Europeu, ocupando também o cargo de presidente da Aliança dos Conservadores e Reformistas da Europa (ACRE). Antes de ser eleito para o Parlamento Europeu em 2004, foi membro da Câmara dos Deputados na República Checa. Zahradil, formado em Engenharia pela Universidade de Praga, foi também investigador. @zahradilJan


Aliança dos Democratas e Liberais pela Europa (ALDE)

Durante o seu congresso em Madrid, o Partido da Aliança dos Democratas e Liberais pela Europa (ALDE) anunciou que irá designar uma equipa de líderes liberais, em vez de um único “Spitzenkandidat”, para fazer campanha para as eleições europeias. O presidente do partido ALDE foi encarregado de sugerir uma equipa de até nove pessoas, que será endossada num congresso que se realizará em Berlim no início de 2019.


Partido Verde Europeu

Ska Keller, 37 anos, e Bas Eickhout, 42 anos, são os dois candidatos principais do Partido Verde Europeu, tendo sido nomeados num congresso realizado de 23 a 25 de novembro de 2018, em Berlim.

Ska Keller (Bündnis 90/Die Grünen, Alemanha) estudou Estudos Islâmicos, Turcologia e Estudos Judaicos na Universidade Livre de Berlim e na Universidade Sabanci, em Istambul. Foi eleita pela primeira vez para o Parlamento Europeu em 2009, tendo sido a candidata principal do Partido Verde Europeu na campanha para as eleições europeias de 2014. É atualmente copresidente do grupo Verdes/ALE no Parlamento Europeu. @SkaKeller

Bas Eickhout (GroenLinks, Países Baixos) estudou Química e Ciências do Ambiente na Universidade Radboud, em Nijmegen e foi investigador na agência holandesa de avaliação ambiental. É eurodeputado desde 2009. @BasEickhout

Está página será atualizada com mais informação sobre os outros partidos políticos.

back to top